19/3/2007 20h57

 
CLIQUE AQUI PARA FECHAR ESTA JANELA

A semana

Parlamentares querem dados sobre gastos com o Pan 2007

Os gastos elevados e os atrasos nas obras dos Jogos Pan e Parapan-Americanos de 2007 serão fiscalizados pela Câmara. Deputados da oposição chegam a falar até em Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar supostas irregularidades em torno da competição, que será realizada entre julho e agosto, no Rio de Janeiro.

Na quinta-feira (22), a Comissão de Turismo e Desporto vai discutir com o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, o alerta do Tribunal de Contas da União, que identificou convênios, licitações e contratações de última hora em torno dos Jogos Rio 2007. O Ministério do Esporte reconhece que o gasto de R$ 1,8 bilhão da União com o evento já é dez vezes superior ao previsto inicialmente.

A presidente da comissão, deputada Lídice da Mata (PSB-BA), garantiu que a Câmara vai cumprir o papel de fiscalizar a aplicação dos recursos públicos na competição. "Nós temos confiança que o Ministério do Esporte está acompanhando bem o desenrolar dessas ações e com honestidade na aplicação dos recursos. No entanto, houve uma modificação muito grande de orçamento e isso exige transparência na relação com a sociedade, exige que o Congresso tome conhecimento e que o ministro explique as áreas onde foi necessária a ampliação dos recursos, para quê e por quê."

CPI
Os gastos elevados em torno dos Jogos Rio 2007 também estão na mira da oposição. O vice-líder do PFL José Carlos Aleluia (BA) ameaça colher assinaturas para a criação de uma CPI a fim de investigar a organização dos jogos, logo após o fim da competição. "A preocupação básica é que os jogos eram previsíveis e o atual governo está aí há 4 anos e 3 meses. E o que eles fizeram? Deixaram as contratações sem serem feitas, para depois alegarem urgência e contratarem sem licitação. Logo em seguida aos jogos, vamos examinar a situação. Queremos uma investigação extraordinária do Tribunal de Contas e, se for o caso, vamos também propor uma CPI."

O Ministério do Esporte garante que não houve qualquer contratação direta ou sem licitação em relação ao Pan e também informou que várias das sugestões feitas pelo TCU já foram devidamente acolhidas. A Comissão de Turismo e Desporto pretende instalar, ainda nesta semana, a subcomissão especial que vai acompanhar a reta final da organização dos Jogos Rio 2007.

Segundo Lídice da Mata, o deputado Brizola Neto (PDT-RJ) deve assumir a coordenação da subcomissão especial. Ela acrescentou que poderá designar o deputado Otávio Leite (PSDB-RJ) para elaborar um parecer específico sobre os Jogos Parapan-Americanos.

A audiência pública está marcada para as 9h30, no plenário 5, e contará também com a presença do secretário de Turismo, Esporte e Lazer do Rio de Janeiro, Eduardo Paes; do secretário-geral do Comitê Organizador dos Jogos Pan-americanos Rio 2007 (CO-Rio), Carlos Roberto Osório; o presidente do Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB), Vital Severino Neto; e secretário-executivo do Comitê de Gestão das Ações Governamentais dos Jogos Pan 2007, Ricardo Leyser Gonçalves.

Reportagem - José Carlos Oliveira/Rádio Câmara
Edição - Regina Céli Assumpção


(Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara')

Agência Câmara
Tel. (61) 3216.1851/3216.1852
Fax. (61) 3216.1856
E-mail:agencia@camara.gov.br

CLIQUE AQUI PARA FECHAR ESTA JANELA